25 mitos do e-mail marketing

Quando pensei em escrever sobre os “25 Mitos do e-mail marketing”, tinha em mente uma abordagem mais científica, mas encontrei tanta coisa boa nas minhas anotações e nas minhas pesquisas, que talvez devesse colocar na categoria humor.

25 Mitos do e-mail marketing

  1. Minha lista de e-mails é 100% opt-in, então minha entrega deve ser de 100%!
  2. Se eu utilizar apenas uma das palavras que pontuam mais como spam meu e-mail vai virar um spam.
  3. Testei minha peça no Spam Assassin, e ela passou, então como você está me dizendo que chegou como spam?
  4. Todos e-mails da sua lista opt-in querem mesmo receber seus e-mails.
  5. A reputação de nossa empresa é fantástica no mercado, logo, todos e-mails tem que chegar na caixa de entrada!
  6. O opt-out é uma coisa ruim.
  7. Toda minha base gosta de receber meus e-mails semanalmente.
  8. Todo e-mail marketing tem que ser extremamente bem produzido, graficamente falando.
  9. O provedor de envio (nome removido) me disse que eles tem ótimo relacionamento com os outros serviços (Gmail, Hotmail, Yahoo, etc), vou migrar para lá pois vou entregar mais.
  10. Taxa de abertura dos emails não importa.
  11. A nossa entregabilidade é excelente disse o ESP. Se referindo ao termo, não se importando com o que está sendo entregue e em qual pasta (diferente da caixa de entrada).
  12. Não existe nenhum tipo de controle sobre a entregabilidade.
  13. O Gmail (ou o Hotmail), estão acabando com nossos esforços de marketing.
  14. Eu não segmento minha lista, meu conteúdo interessa a toda a minha base.
  15. Não preciso testar meus e-mails, o resultado é sempre bom.
  16. Se eu não retirar os e-mails não engajados meus resultados vão piorar.
  17. O nome e o e-mail do remetente não importam no envio.
  18. Se eu fizer meu e-mail marketing parecer uma resposta normal de e-mail vou ter melhores resultados.
  19. Eu sempre utilizo o mesmo conteúdo que publico no meu site para enviar meus e-mails e tem funcionado.
  20. Eu comprei minha lista e estou tendo ótimos resultados.
  21. O melhor horário para enviar e-mails é na terça-feira depois do meio dia.
  22. Meus leitores preferem ler no desktop, então faço meu e-mail maior, uma grande imagem inclusive.
  23. Eu nunca devo reenviar uma peça enviada anteriormente.
  24. Nossa empresa (ISP) tem a melhor entrega do mercado. Como se fosse tudo igual…
  25. Lá na outra empresa (de outro mercado, outro tipo de cliente e diferente ramo de negócios), fazíamos esta estratégia com nosso e-mail marketing, com grande sucesso. Então devemos repetir aqui.

Mas enfim, tire suas próprias conclusões – e comente no final!

Photo credit: jaumescar via Foter.com / CC BY-NC-SA

Gustavo Tagliassuchi

Velha ave de rapina, estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, profundo admirador do WordPress, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto e corredor muito muito amador.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *